Contabilidade para dentistas: Contabilidade completa para seu consultório

Contabilidade para dentistas: Contabilidade completa para seu consultório

Um consultório odontológico é também uma empresa. E por isso, merece também toda a atenção administrativa e contábil. Dessa forma, a contabilidade para dentistas é uma área que nunca deve ser deixada de lado.

No dia a dia de um consultório odontológico há entrada e saída de recursos, compras de insumos, contas a pagar e a receber, conciliação bancária, entre vários outros aspectos fiscais e tributários envolvidos. 

Dessa forma, sem a devida atenção, o dentista pode ter problemas contábeis futuros. E contratar uma pessoa para cuidar de tudo nem sempre é viável, já que exigirá um alto investimento. Uma solução é a terceirização, que explicamos no artigo abaixo!

A contabilidade para dentistas

A contabilidade para dentistas é fundamental para que o consultório opere de acordo com a lei. Afinal de contas, é por meio do profissional contábil que será feito todo o processo de escrituração fiscal da atividade exercida, garantindo que os impostos recolhidos sejam de acordo com o devido.

Deixar de contar com uma contabilidade pode fazer o profissional recolher mais impostos do que o devido, ou então deixar de pagar algum, o que pode representar sérias consequências junto à Receita Federal. 

Vale informar ainda que a sonegação de impostos fiscais é um crime sério no Brasil e o dentista que optar seguir por essa linha pode ter duras consequências. Por isso, jamais faça sonegação e trabalhe sempre dentro de total legalidade.

Qual a tributação para clínicas odontológicas

Um dos principais fatores envolvidos na contabilidade para dentistas é a tributação. Importante lembrar que o planejamento tributário é fundamental e escolher o modelo ideal garante que você pague apenas aquilo legalmente necessário.

Durante a formalização do negócio — ou mesmo depois caso seja necessário, é possível optar por modelos de regime tributário tais como: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real, que variam de acordo com o faturamento do consultório.

De modo geral e considerando o faturamento, para clínicas odontológicas o mais indicado é o Simples Nacional. Esse modelo, como o próprio nome diz, tem um modelo simplificado de pagamentos tributos. Isso facilita o controle e também é mais econômico para empresas de pequeno e médio porte.

Leia também::: Contabilidade Online: O que é e como funciona?

O que mais é importante?

A contabilidade para dentistas vai além de apenas cuidar da tributação. Além da gestão contábil no dia a dia, o contador para dentistas pode desempenhar outras funções. Atualmente, há o modelo de contabilidade digital, que é uma evolução do modelo tradicional, sendo esse modelo mais barato e seguro.

Nele, toda a contabilidade passa a ser feita de forma digital, dando mais agilidade aos processos e eliminando de vez o papel, que apenas ocupa tanto espaço nos consultórios. Além disso, na contabilidade digital o dentista pode ter acesso a todos os aspectos financeiros e tributários do seu consultório com apenas alguns cliques no seu celular ou no computador.

Dessa forma, consegue saber como está a saúde financeira do seu consultório, onde é necessário fazer ajustes, e quando pode fazer novos investimentos. Ele ainda conta com toda a orientação do contador, que passa a atuar como um consultor no negócio.

Imposto de renda

Outro aspecto muito importante quando se fala em contabilidade para dentistas é a declaração de imposto de renda. Apesar dela ser feita anualmente, há aspectos que precisam ser observados ao longo de todo o ano. 

Um exemplo é a necessidade de muita organização das informações contábeis da sua clínica ou consultório odontológico, relativas ao ano anterior. No momento da declaração, deverão constar informações sobre lucros, receitas, despesas, entre outros. 

Com base nele será possível determinar quanto de imposto deverá ser pago, ou então restituído. E deixar isso tudo para a última hora é sinônimo de erros. Por isso, o ideal é que o controle seja feito mensalmente, para quando chegar o momento da declaração tudo esteja organizado.

Na abertura da empresa

E por fim, vale lembrar que a contabilidade para dentistas também é importante no processo de abertura do consultório. O contador tem o conhecimento necessário para organizar toda a documentação, auxiliar na obtenção das licenças e garantir que a formalização do seu consultório odontológico ocorra da forma correta frente aos órgãos responsáveis.

Leia também::: Como abrir uma microempresa: Confira o passo a passo

Conte com a Contabiliza Rio ao seu lado

Como fica claro, a contabilidade para dentistas vai muito além de apenas cuidar da parte contábil. Ela tem um aspecto essencial no dia a dia de qualquer negócio, e não é diferente em clínicas odontológicas e médicas, cuidando para que toda a questão fiscal e tributária siga as determinações legais.

Aqui na Contabiliza Rio somos especialistas em contabilidade para dentistas, sempre antenados às novas mudanças de legislação no setor e garantindo que todos os aspectos fiscais e tributários estejam sempre em dia.

Por isso, precise de contabilidade para dentistas, conte com a Contabiliza Rio. É só entrar em contato com nossos consultores e ver como podemos ajudar seu negócio a prosperar!

Comentários